Novo Monitor de Gestão de Tarefas e Recursos (AL055)

2
1 year agoopen0

Criar uma nova versão do AL055, abandonando o sistema actual de distribuição de tarefas a recursi de acordo com um sistema mecânico tipo “relógio analógico” de sequencias e prioridades e passar para um sistema dinâmico, que considere elementos estatísticos e que reaja à evolução da operação, de modo a alterar dinamicamente os critérios de atribuição de tarefas.

Na nova abordagem também deverá existir um sistema avançado de alarmistica visual (podendo incluir o envio de emails com alertas) quano se verificar atrasos significativos, falta de recursos ou estrangulamento das operações.

Para se fazer esta mudança poderemos ter que usar AI e também análise estatística para recolha de tenpos médios.

Nesta versão de atribuição automática de tarefas seria interessante incluir elementos como:
1. Sequencia de picking dinâmica para cada UDT, de acordo com congestionamentos em corredores ou bastidores de outros caixeiros, congestionamentos de empilhadores que dificultam a circulação no corredor, previsão de falta de stock no picking.

2. Na atribuição de tarefas a recursos considerar também como critério evitar os congestionamentos.

3. Gerir a alocação de operadores de empilhador a abaixamentos de modo a procurar minimzar a ocorrencia de falta de stock no picking com base no tempo necessário para executar os abaixamentos necessários nos próximos x minitos,

4. Definir uma forma do sistema saber como gerir e balancear as necessidades de fazer abaixamentos e arrumações da mercadoria recebida, quando estas operações coexistem no tempo

5. A execução de contentor completo poderá arrancar de acordo da previsão de quando é que as paletes têm que estar no cais. Claro que para isso teremos que conseguir fazer uma estimativa de quando é que a execução de cada loja deve começar e qual é o LTOD (Last Time on Doc) ou seja qual é a hora em que a ultima palete executada tem que estar no cais para que a carga se inicie.

(by Vitor Dias)

Leave a Reply